Dor nas costas: saiba como evitar e tratar



Dor nas costas: ela é a primeira causa de incapacidade no mundo, a terceira da aposentadoria precoce e 80% das pessoas já tiveram ou vão ter.

Dor nas costas: ela é a primeira causa de incapacidade no mundo, a terceira da aposentadoria precoce e 80% das pessoas já tiveram ou vão ter. E como se livrar dela? O Bem Estar desta quinta-feira (5) mostrou uma técnica que traz alívio mesmo com poucas sessões. É uma reeducação do movimento. O fisioterapeuta Helder Montenegro e a fisiatra Lin Tchia Yeng, especialista em dor nas costas, falaram também sobre outras alternativas.

São muitas estruturas que podem levar à dor nas costas: articulações, músculos, ligamentos, nervos ou causas neurológicas. Até fatores psicossociais estão entre as causas associadas. A prevenção é manter a musculatura rígida, fazer exercícios de fortalecimento, principalmente do bumbum.

Alguns fatores contribuem para a dor nas costas – postura, sedentarismo, ser fumante, colchão velho e tensão ou flacidez na musculatura das costas, glúteos e abdominal. O tratamento depende da causa da dor, mas pode ser qualquer método físico (frio ou calor), massagem, acupuntura e fisioterapia.

Dor no ciático

Ela pode ter duas causas. Uma é quando a hérnia comprime o nervo e a outra é quando a compressão é feita pelo músculo. No primeiro caso, não pode fazer alongamento, porque vai piorar. É preciso repousar. No segundo caso, alguns exercícios podem ajudar a melhorar a dor.

A dica é saber se a dor é causada pela lesão na coluna ou pelo músculo. A dor da hérnia de disco não tem descanso e nem posição, ela se manifesta toda hora. A dor do músculo é no glúteo e erradia para a perna. Quando fizer um alongamento, vai se sentir melhor.

 

Fonte: G1- Bem Estar


Compartilhe


Comentários