Menopausa: mudanças e sinais



Muitas das mudanças no corpo ocorrem por causa das alterações hormonais.

Quando a mulher entra na menopausa, ela passa por algumas mudanças – aumento de peso, a fome aumenta, o gasto energético diminui e a composição do corpo também muda, e isso aumenta o risco cardíaco em até 15%. Quais sinais as mulheres devem prestar atenção? Convidamos a endocrinologista Cintia Cercato e o cardiologista e consultor do Bem Estar Roberto Kalil para falar sobre o assunto.

Muitas das mudanças no corpo ocorrem por causa das alterações hormonais. Os ovários deixam de funcionar e com isso há uma queda acentuada na formação de estrogênio (hormônio feminino).

O estrogênio tem um papel importante no balanço enérgico, relacionado com o aumento de apetite e redução do gasto de energia. Durante o período da menopausa, essa queda contribui para o aumento de dois a cinco quilos na mulher. O hormônio também contribui para o HDL, ou seja, sem ele, há aumento de colesterol.

Com a queda do estrogênio e o acúmulo da gordura abdominal, o risco cardiovascular aumenta de 10% a 15% durante a menopausa. Fatores de risco como estresse, sedentarismo, tabagismo, hipertensão, obesidade e características familiares aumentam o risco de doença cardiovascular em todas as idades.

Existe prevenção? A melhor forma de se preparar é manter os hábitos saudáveis, conversar com seu médico sobre indicação ou não da reposição hormonal e fazer um check-up para se prevenir de fatores de risco como hipertensão, diabetes e obesidade.

Fonte: G1- Bem Estar


Compartilhe


Comentários