Serviços
Benefícios
Agenda de Cursos
Balcão de Talentos
Meu Cadastro
Contribuições

Anvisa recebe Prêmio Abril & Dasa de Inovação Médica



Escola Politécnica da Universidade de São Paulo entrega à Anvisa prêmio pelo projeto do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos.

 

Nesta quarta-feira (12/2), a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) entregou à Anvisa o Prêmio Abril & Dasa de Inovação Médica. Realizado na biblioteca da Agência, em Brasília (DF), o evento destacou o projeto do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNCM).

O trabalho é resultado de um esforço conjunto da Anvisa com o Núcleo de Inovação Tecnológica do Instituto de Radiologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (InovaHC/InRad/USP), Grupo de Pesquisa em Automação e Gestão da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Gaesi/USP) e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). É importante destacar que a solenidade de premiação ocorreu em novembro de 2019.

Para a diretora Alessandra Bastos, o projeto representa um marco nacional na rastreabilidade de medicamentos. “Isso mudou a história do medicamento no Brasil. Não só para o setor produtivo, mas principalmente para o cidadão brasileiro, que se vê resguardado”, enfatiza.

De acordo com o adjunto de diretor Juvenal de Souza Brasil Neto, a premiação destaca as pesquisas brasileiras e a Anvisa. “Nossas universidades, pesquisadores e funcionários estão na ponta do conhecimento. Isso realmente eleva o nome da nossa Agência”, afirma.

Falsificação

Para a substituta da Gerência Geral de Monitoramento de Produtos Sujeitos à Vigilância Sanitária (GGMON) da Anvisa, Cejana Passos, o projeto é essencial para a atuação pós-mercado: “É um passo sólido naquilo que foi uma das razões da fundação desta Agência, que é o combate à falsificação e ao roubo de medicamentos. Uma forma de a Agência implementar razões de pós-mercado com dados”.

O pesquisador e coordenador técnico do projeto, Vidal Zapparoli Melo, esclareceu: “O prêmio vem reconhecer todo um trabalho que a Anvisa está fazendo, em termos sociais, para o combate à falsificação e roubo de medicamentos, ou seja, toda a questão de desvios operacionais que um medicamento pode ter na sua cadeia de distribuição”.

Já o professor da Escola Politécnica da USP e coordenador geral do projeto, Eduardo Mário Dias, destacou a importância do prêmio. “Esse prêmio funciona, na área da Medicina, como uma espécie de Oscar de Inovação. Foram mais de 100 trabalhos apresentados no Brasil inteiro, fomos classificados e ganhamos. Foi um trabalho conjunto que muito nos orgulha”, finaliza.

Consulta Pública

Destaca-se que encerra no dia 17 de fevereiro a Consulta Pública 747/2019, que estabelece os prazos para início da transmissão de dados e definições para a implementação do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos. Participe.

Confira aqui mais informações sobre o projeto.

 

Fonte: Anvisa


Compartilhe


Comentários