Delivery impulsiona as vendas nas farmácias



O comércio na Região Metropolitana de Campinas registrou uma elevação de 10,35%, no faturamento de agosto, na comparação feita com o mês anterior. Os dados foram divulgados pela Boa Vista SCPC e analisados pelo economista, da Associação Comercial e Industrial de Campinas, Laerte Martins.

Entre os setores que registram aumento está o de farmácias e drogarias. O percentual foi de 3,13%.

O empresário, Adilson Miniacci, tem duas farmácias na área central de Campinas e segundo ele, mesmo com a flexibilização do Plano São Paulo para a reabertura da economia, o acréscimo no faturamento ainda não foi sentido.

Já a farmacêutica, Zenate Moret, explica que com a flexibilização o aumento nas vendas presenciais já é significativo, porém, o que mais chamou a atenção foi o crescimentos do sistema delivery. Para atender a demanda o estabelecimento em que ela trabalha no Jardim Eulina, foi obrigado a contratar mais dois entregadores, pois, as vendas on line continuam em alta.

De acordo com a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias Abrafarma, com as medidas de isolamento social e, principalmente, o desenvolvimento dos aplicativos e canais de vendas digitais das farmácias, as vendas pela internet nesse segmento mais do que dobraram no primeiro semestre do ano.

Um levantamento feito pela a associação aponta que as 26 redes filiadas em todo o país, movimentaram R$718,77 milhões de reais pelo delivery e vendas pela internet entre janeiro e junho deste ano. Na comparação feita com o mesmo período do ano passado o crescimento foi de 106,49% . O faturamento geral do grande varejo farmacêutico no período cresceu 7,74%.

Segundo a Abrafarma este pode ser um ano-chave para o setor de drogarias e farmácias. No ano passado, as 26 maiores redes do varejo farmacêutico nacional, filiadas à associação, registraram um lucro líquido de R$ 1,09 bilhão..

Fechados desde o início da pandemia do novo coronavírus, os parques temáticos do estado de São Paulo serão reabertos a partir do dia 23 deste

O governo de São Paulo abriu o período de cadastramento dos profissionais do setor cultural para que recebam a renda básica emergencial, prevista pela Lei

Por concentrar as mais variadas opções de Comércio, agências bancárias e serviços em geral, o centro de Campinas é muito frequentado pela população. No entanto,

O tempo seco neste período de estiagem começa a gerar preocupação por causa do nível dos rios que abastecem a região.

 

Fonte: Panorama Farmacêutico


Compartilhe


Comentários