Serviços
Benefícios
Agenda de Cursos
Balcão de Talentos
Meu Cadastro
Contribuições

Dengue: infectologista explica os tipos da doença



A dengue provocou cinco vezes mais mortes neste ano do que no ano passado.

 

Uma luta que parece eterna: contra o mosquito Aedes aegypti. Ele é o mosquito transmissor da dengue, uma doença que provocou cinco vezes mais mortes neste ano do que no ano passado. São quatro os tipos da dengue, como explicou a infectologista Rosana Richtmann, e o tipo 2 é o que está circulando e mais e também é mais agressivo.

“O que pegou esse ano foi o tipo 2 e isso é sempre uma preocupação, porque é um vírus que tinha circulado há 10 anos. A hora que ele volta, ele pode voltar mais agressivo, causando quadros mais graves e, principalmente, quem já teve a dengue poder ter um quadro mais grave ainda”, alerta Rosana.

De acordo com a infectologista, se você tem a dengue tipo 1, você fica imune ao vírus, mas continua suscetível aos tipos 2, 3 e 4, por exemplo. “A pessoa pode ter dengue até quatro vezes na vida”.

Sintomas

Qualquer um dos quatro vírus pode causar desde nenhum sintoma até uma forma clássica da dengue, com febre, dor de cabeça, dor no corpo, dor muscular, mancha na perna. Sintomas como sangramento da mucosa, vômitos, dores abdominais intensas podem indicar um sinal vermelho, podem indicar a dengue hemorrágica.

Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados.

Além da dengue, o Aedes aegypti também pode transmitir o Zika vírus e chikungunya.

 

Fonte: G1


Compartilhe


Comentários