Dicas Magistrais: Utilização e Orientação sobre Florais – por Liliane Barros



A ministrante de cursos do Sincofarma, Dra. Liliane Barros, traz mais dicas magistrais para essa semana! Confira.

 

Caro leitor, estamos passando por momentos diferentes na vida, onde estamos mais introspectivos e reflexivos. O enfrentamento é necessário, e em muitos momentos é preciso de auxílio para o equilibrar a saúde mental.

Antes tínhamos uma vida onde a correria do dia-a-dia talvez encobrisse alguns sentimentos que estávamos gostando de não nos deparar. Hoje, os sentimentos e as emoções estão aflorados e muitas vezes desequilibrados. Estamos vivendo uma fase onde o autoconhecimento se faz necessário.

 

Como podemos nos ajudar

São vários recursos terapêuticos que se baseiam em conhecimentos tradicionais que podem auxiliar. Entre eles, terapia floral, meditação, reiki, acupuntura, homeopatia, plantas medicinais/fitoterapia, aromaterapia, cromoterapia, yoga entre outros.

Pensando nisso, trarei uma série de crônicas onde falaremos sobre algumas práticas integrativas e complementares que são ofertadas pelo SUS desde 2006, e que podemos utilizar na farmácia magistral, ofertando um serviço de fácil acesso aos clientes e com excelentes resultados.

Vou escrever uma série sobre os florais de Bach para aumentar o conhecimento e entender como agem, como influenciam, como aliviam as aflições e ajudam a prevenir doenças. Na farmácia podemos trabalhar com os florais, promovendo um atendimento especializado ao ser humano.

Iniciaremos com sua história e filosofia baseadas na simplicidade.

 

Florais de Bach

Os Florais de Bach foram o primeiro sistema de tratamento de flores do mundo, desenvolvido pelo Dr. Edward Bach. São 38 essências, mas nem tudo são flores, arbustos e árvores. Temos uma produzida com água pura da fonte. Isso mesmo! E tem propriedades curativas!

O Dr. Bach considerava agressivos os métodos terapêuticos da época. Depois de formado em medicina, escolheu a cirurgia como especialização. Estava insatisfeito com os resultados e partiu para dedicar-se a Imunologia. Em 1918 conheceu a filosofia da homeopatia de Samuel Hahnemann e passou a realizar os tratamentos com homeopatia.

Ainda buscava um sistema de saúde que viesse da natureza.

Começou seus estudos em Gales, onde finalizou o sistema em 1935.

Trazendo os pensamentos de Hipócrates, de Hahnemann e de Bach, as pessoas devem ser consideradas de maneira holística, como um ser integral e único. Somos energia, podemos chamar como quisermos: energia vital, essência de vida, energia fundamental, força vital, vida, vigor…

 

Energia vital

A energia vital, como prefiro chamar, é a energia que difere um ser vivo de um morto. Simples assim! E se é tão importante, vamos tratá-la de maneira branda, amena como ela é!

Ela é sutil e delicada e pode adoecer, através das nossas emoções equivocadas, pensamentos desequilibrados, muitas vezes repetitivos e dos aspectos negativos da nossa personalidade.

Quantas vezes em um momento de raiva e pensamentos contraditórios sentimos, em seguida, dor de cabeça ou dor de estômago?

Os pensamentos e sentimentos de irritação e agressividade afetam nosso corpo físico de maneira direta.

Está na hora do ser humano observar-se e constatar que temos o poder de mudar o nosso dia através dos nossos sentimentos e emoções, para o positivo ou o negativo.

Pense em como somos guiados pelas nossas emoções e pensamentos. Então, por que não tratá-los de maneira que tenhamos equilíbrio mais constante?

Vamos aprender como fazer!

Até a próxima semana com mais dicas magistrais!!!


 

WhatsApp: (11) 98269-8491
• Consultório – Rua: Barata Ribeiro, 380 – cj 26
Cerqueira César – São Paulo
Atendimento de terapias integrativas e complementares – Reiki, Florais, Meditação e Fitoterapia.
• Consultoria Técnica Magistral.
Instagram: @profa_liliane_barros
e-mail: lilianeabarros@gmail.com
LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/liliane-almeida-barros-05118934

 

 

Fonte: Comunicação Sincofarma/SP


Compartilhe


Comentários