Enquete revela estagnação de empregos no canal farma



A última enquete do Panorama Farmacêutico indicou uma tendência de estagnação no mercado de trabalho do setor farmacêutico. Questionada sobre a influência da pandemia nos recrutamentos para sua empresa, quase metade dos profissionais informou que houve demissões ou adiamento dos processos seletivos.

 

Esse foi o cenário apontado por 1.386 (45%) dos 3.112 leitores que participaram da enquete. Em contrapartida, 969 (31%) destacaram a existência de mais contratações no período, enquanto 757 (24%) afirmaram que a Covid-19 não impactou os recrutamentos.

No entanto, especialistas acreditam que a enquete reflete apenas um esfriamento provisório no ritmo de contratações, já que as empresas do canal farma absorveram um número expressivo de profissionais entre janeiro e fevereiro.

Os dois primeiros meses do ano, inclusive, registraram o maior volume de empregos disponíveis na história do setor, de acordo com a plataforma InfoJobs. Mais de 5,5 mil oportunidades foram abertas no varejo e na indústria, o que representou 56% a mais em comparação com janeiro e fevereiro de 2019.

“À medida que a atividade econômica voltar a dar sinais de reaquecimento, o cenário de abertura de vagas no mercado farmacêutico tende a retomar a aceleração”, acredita Ana Paula Prado, gerente nacional da InfoJobs. “Os consumidores brasileiros reforçaram a atenção com a saúde, o bem-estar e a imunidade, o que incentiva o uso de medicamentos e produtos de higiene pessoal. Também temos um cenário de aumento de expectativa de vida da população”, acrescenta.

.

Enquete revela estagnação de empregos no canal farma

Nova enquete

A nova enquete da semana quer saber sobre a demanda por viagens corporativas no segmento. Nos últimos 12 meses, você se deslocou para algum destino nacional ou internacional a serviço da companhia onde atua? E com que frequência? Participe e contribua para o debate.


 

Fonte: Panorama Farmacêutico


Compartilhe


Comentários