Mulheres na faixa dos 40 anos são as maiores consumidoras de antidepressivos




Pesquisa indica que houve um aumento de 23% no uso desse tipo de medicamento, nos últimos 4 anos.

 

O Brasil é o país que se apresenta mais estressado e ansioso, segundo a Organização Mundial da Saúde – OMS. De acordo com os dados, cerca de 9,3% dos brasileiros sofre de ansiedade e 5,8% de depressão. Entre os anos de 2014 e 2018, de acordo com levantamento da Funcional Health Tech, empresa líder em serviços de gestão no setor da saúde e inteligência de dados, o consumo de antidepressivos cresceu em 23%.

A verificação foi feita com base em 327 mil clientes da empresa e, segundo a pesquisa, mulheres da faixa etária de 40 anos são o público que mais utiliza esse tipo de medicamento. Os fatores para causa disso variam entre crise econômica, stress e pelas mulheres procurarem ajudar mais abertamente do que os homens.

Os dados de pesquisa da Funcional Health Tech também expõem que os remédios psiquiátricos mais vendidos são os analépticos (estimulantes do sistema nervoso central), antidepressivos, ansiolíticos (para ansiedade) e sedativos.

 

Fonte: Comunicação Sincofarma/SP


Compartilhe


Comentários