Potencializando as vendas da categoria de higiene feminina



Para aumentar as vendas dos produtos de higiene íntima é preciso saber a forma correta de distribuí-los nas gôndolas. Confira algumas dicas para o seu ponto de venda.

 

Ainda que presente todos os meses na vida da mulher adolescente e adulta, a menstruação traz algumas dúvidas na escolha do absorvente correto.

Confira as dicas do gerente de projetos da Mind Shopper, Cristiano Samara, para potencializar as vendas da categoria de higiene feminina no ponto de venda e para auxiliar a cliente na escolha do melhor produto.

Atenção à complexidade: a categoria de absorventes é uma das mais complexas, pois existem muitos itens, para diversas finalidades, porém com visuais muito parecidos e com o uso nem sempre claro para o consumidor.

Consumo consciente: além disso, diferentemente de outras categorias que quanto mais a shopper feminina compra, mais ela usa/ consome; esta é uma categoria que se a consumidora estocar, ela não tem motivo algum para aumentar o seu consumo (já que o mesmo está relacionado à menstruação que, por sua vez, possui um número mais ou menos fixo de dias em cada mulher), portanto, ela estará apenas adiando a sua volta à loja.

Educação no ponto de venda: a melhor forma de potencializar a venda desta categoria é por meio da educação, para estimular os conceitos básicos da higiene íntima, mas também para demostrar produtos complementares e seus usos.

Sortimento: itens como sabonetes íntimos, bem como lenços umedecidos e absorventes internos possuem uma penetração muito baixa, com uma grande oportunidade de crescimento. O mesmo vale para os medicamentos para candidíase, que até há pouco tempo ficavam apenas atrás do balcão de forma que a mulher precisasse passar pela situação desconfortável de solicitar ao farmacêutico.

A melhor exposição de produtos de higiene feminina
Formas de exposição: o mais difícil na exposição é conseguir deixar claro cada um dos segmentos e tipos de produto. Dicas:

1. O bloco de itens para o dia a dia deve iniciar o fluxo.

2. A parte superior é onde devem-se destacar os lenços umedecidos, bem como sabonetes íntimos e medicamentos para candidíase.

3. Na parte inferior é onde devem entrar os protetores diários, sempre dando destaque para os lançamentos e itens que possuam algum tipo de diferenciação.

4. No fim do fluxo, entram os produtos para o período menstrual. Na parte superior, deve-se dar destaque para os absorventes internos e coletores menstruais, que possuem menor penetração e, portanto, maior oportunidade de crescimento, e na parte inferior, entram os absorventes externos.

5. Além disso, é importante ainda destacar os produtos noturnos dos diurnos. Dentro de cada um destes blocos são posicionados os blocos de marca com todas as suas variantes.

 

Fonte: Guia da Farmácia


Compartilhe


Comentários