Serviços
Benefícios
Agenda de Cursos
Balcão de Talentos
Meu Cadastro

Previsão de Anvisa não se realiza e fim de fila de genéricos fica para dezembro



A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) não conseguiu zerar a fila de análise de medicamentos genéricos até o fim de agosto, conforme havia previsto.

A entidade anunciou, em julho deste ano, que o passivo seria encerrado até o mês seguinte. Há hoje cerca de 111 petições pendentes, sendo que 44 foram adicionadas após a definição da estratégia.

Há cerca de 112 petições pendentes de análise para registro de medicamentos genéricos e similares. Em julho de 2017, eram 763 –

A agência afirma que uma parte não foi solucionada “devido à demanda da mesma área técnica para analisar processos prioritários para doenças raras” e que a questão será resolvida até dezembro.

O atraso é compreensível perto da situação anterior e não é considerado negativo pelo setor, diz Telma Salles, da PróGenéricos (entidade setorial). “Havia 763 petições em julho de 2017”, diz ela.

“Houve também uma mudança na presidência e uma reorganização das diretorias que pode ter impactado o fluxo de trabalho deles. Mas acredito que vão conseguir zerar a fila antes [de dezembro].”

Fonte: Folha de São Paulo


Compartilhe


Comentários