Produtos de conveniência: como aumentar as vendas da farmácia com essa categoria?



Amanhã, dia 28, um encontro inédito com o Jurídico do Sincofarma para orientar, explicar e tirar suas dúvidas através do workshop online. Se inscreva e participe na sala do Zoom fechada só para este evento! Você poderá saber de todos os itens que vão de água, barrinhas de proteína até bombons e chicletes, e os cosméticos Pet para a categoria de conveniência que  cresce cada vez mais.

 

A categoria de conveniência é aquele tipo de produto que o consumidor final normalmente compra por impulso e não requerem muita comparação entre as marcas disponíveis. Esse tipo de mercadoria é uma ótima forma de aumentar o ticket médio na farmácia. 

Segundo dados da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), as vendas de itens de higiene, cosméticos, perfumaria e conveniência cresceu 10,64% durante o ano passado. Por conta desses dados tão positivos, muitas farmácias no Brasil têm investido cada vez mais nesses produtos para aumentar o lucro e não depender somente de medicamentos. 

Investir em gerenciamento de categoria é essencial

Para vender cada vez mais itens destas categorias, o gerenciamento de categorias e a organização da loja é ponto chave para dar uma impulsionada. Esse segmento representa uma ótima maneira de aumentar o ticket médio dos clientes, além de reforçar a imagem da farmácia como uma loja full service

Potencializar a saída desses itens, é importante pensar de forma estratégica e colocá-los em locais favoráveis, por exemplo, próximos a fila do caixa. Sempre com cuidado para não exagerar na superexposição. Mas, para comercializar produtos de conveniência, sua empresa precisa de uma liminar especial. O jurídico do Sincofarma/SP oferece para nossos associados, através de uma declaração. 

Liminar de produtos de conveniência

As drogarias e farmácias que são associadas ao Sincofarma/SP podem comercializar os produtos de conveniência. Em 2010, entramos com uma ação judicial contra a Anvisa, na época da Instituição Normativa 09/2009, que proibia a venda desses itens de conveniência nos estabelecimentos farmacêuticos. 

Por isso, se sua empresa é uma associada Sincofarma/SP, basta entrar em contato com o nosso departamento jurídico para requerer a documentação necessária e demais orientações sobre o tema. 

O que se pode comercializar dessa categoria?

Para instruir os empresários sobre tudo que pode ser comercializado na categoria de conveniência, o Sincofarma/SP, em parceria com a marca de cosméticos para animais, PetLab vai explicar sobre esses produtos que são permitidos dentro do estabelecimento. E sobre as oportunidades perdidas por não pensar em segmentos, como os cosméticos para pets. 

O Brasil representa a segunda maior população pet do mundo e hoje existem mais mães e pais de cães do que crianças, por exemplo. Os cuidados com higiene e beleza faturaram R$ 3bi em 2019. Então, isso representa um grande mercado que as farmácias podem alcançar e aproveitar para impulsionar os lucros. 

Não perca esse evento virtual! Faça sua inscrição hoje mesmo e descubra novas formas de aumentar as vendas.

INSCREVA-SE AQUI.

Fonte: Comunicação Sincofarma/SP


Compartilhe


Comentários