Qual é a diferença entre vacinar e imunizar?



O curso de habilitação dos farmacêuticos para vacinação deste mês já está esgotado. Mas para maio já estão com as inscrições abertas!

 

Apesar de parecerem sinônimos, existe diferença entre “vacinar” e “imunizar”.

Vacinar é o ato de aplicar a vacina, mas isso não garante que a pessoa vai ficar protegida, ou seja, imunizada. O que garante que ela será imunizada é que a vacina tenha sido conservada corretamente, em toda a cadeia de frio, ou seja: desde a sua produção até o momento da aplicação – o que inclui transporte e armazenamento, em uma logística monitorada.

Outro fator importante para a imunização é o sistema imunológico da pessoa, que precisa responder adequadamente àquela vacina. Como profissionais de saúde, a nossa parte deve ser feita: cuidar da conservação das vacinas como rege o Manual da Rede de Frio da ANVISA/PNI.

Nele estão todas as normas, exigências e orientações para o correto armazenamento da vacina em todo seu ciclo (Rede de Frio). Elas devem permanecer dentro da faixa de 2°C a 8°C para manter sua integridade e suas propriedades imunizantes.

Essa e outras informações muito importantes sobre a conservação de vacinas estão disponíveis no webinar realizado pela Biotecno com Mayra Moura, Coordenadora de Farmacovigilância do Instituto Butantan e Diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações – SBIm. Acompanhe na íntegra:

 

https://www.youtube.com/watch?v=iwpwbau7kwI


 

Curso de Programa de Formação e Habilitação de Farmacêuticos em Vacinação

Tem a chancela do ICTQ para Desenvolver habilidades técnicas que proporcionem o farmacêutico a planejar, implantar e executar os procedimentos de aplicação de vacinas em farmácias de acordo com a Resolução nº 654/2018 do CFF.

 

A Instituição está credenciada no MEC por meio da Portaria nº 281 de 28/03/2018. O cadastro e a situação do credenciamento poderão ser verificados no site do e-MEC.

 

O ICTQ também está credenciado pelo CFF, através do Parecer e do Acórdão nº 35.882, de 27 de abril de 2018 (publicado no Diário Oficial da União em 16 de maio de 2018).

  • Módulo I: Fundamentos dos Imunobiológicos
  • Aspectos técnicos e regulatórios da atividade de vacinação – Resolução nº 654/2018 do CFF
  • Módulo II: Vacinas
  • Módulo III: Doenças Imunopreviníveis
  • Módulo IV: Segurança

Com Parte TEÓRICA e PRÁTICA totalizando 40 horas exigidas pelo CFF.

Inscrições: clique aqui

 Local do Evento: Auditório Sincofarma/SP
Próxima turma:  28/05/2021 e 29/05/2021
 R. Santa Isabel, 160 – 6º andar – Vila Buarque – São Paulo

 

Fonte: Biotecno Refrigeradores


Compartilhe


Comentários