Serviços
Benefícios
Agenda de Cursos
Balcão de Talentos
Meu Cadastro
Contribuições

Telemedicina e Testes de Covid-19 – parceria do Sincofarma/SP



Associados têm o recurso de realizar uma conversa por vídeo com o médico da BFA – Medicina do Trabalho, parceira do Sincofarma, bem como fazer exames de sorologia para o Covid-19.

 

Um dos serviços mais procurados no Sincofarma/SP é o de PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional para os exames admissional, periódico, retorno ao trabalho, mudança de função e os complementares. Conforme a MP No. 927, art 15, fica suspensa a obrigatoriedade de realização de exames médicos ocupacionais, clínicos e complementares, exceto dos demissionais.

Nas últimas semanas, a grande procura por testes de Covid-19 está aumentando em todo país. Dentro de todas as possibilidades, a testagem é o meio mais possível para ilustrar a evolução da pandemia no mundo, bem como para detectar a presente doença, ou não, nas pessoas e possibilitar que as mesmas tomem as devidas providências de isolamento e prevenção.

Visto essas duas questões, a BFA – Medicina do Trabalho, parceira do Sincofarma/SP está disponibilizando aos associados do Sincofarma, o atendimento para os exames demissionais, através da telemedicina, e também realizando testes sorológicos para detecção do Covid-19, pelo laboratório SCS, prestador de serviço de nossa parceira.

 

TELEMEDICINA PARA OS DEMISSIONAIS

Para os demissionais está disponibilizada a possibilidade da Telemedicina, com uma consulta remota, via whatsapp, com o médico. O número pode ser solicitado ao Sincofarma/SP.

A BFA também está atendendo, através de agendamento prévio, presencialmente em sua clínica. Caso a empresa tenha, no mínimo, 15 funcionários para o atendimento de exames, os mesmos podem ser realizados fisicamente na própria loja.

COMO SOLICITAR:

O agendamento da Telemedicina deverá ser realizado por e-mail, ou através do whatsapp do Sincofarma:

e-mail: pcmso@sincofarma.org.br

whatsapp: (11) 94387-2305

 

PEDIDO DE TESTES COVID-19

A BFA, em parceria com o laboratório SCS, também disponibiliza o teste para a Covid-19 por um valor diferenciado aos nossos associados. “A BFA está realizando testes de Covid, desde o início da pandemia, com a preocupação de atender a todos os colaboradores de todas as empresas que o Sincofarma e a BFA respondem, para, de fato, tentar melhorar o fluxo de vida de cada um”, é o que diz Bruno Oliva, diretor técnico do laboratório SCS, que presta serviço à BFA.

Os testes são realizados nas próprias empresas, para não haver a necessidade de deslocamento. “O procedimento da coleta é simples, nós vamos até a empresa, fazemos a coleta de sangue com uma coletora, dependendo da quantidade de funcionários, duas coletoras. E então fazemos o atendimento. Levamos o material dentro das normativas do laboratório e passamos então a processá-lo”, diz Bruno Oliva.

O exame sorológico, feito com o uso de amostras de sangue, possui uma metodologia utilizada, chamada de imunocromatografia, que é a geração de cor a partir de uma reação química entre antígeno (substância estranha ao organismo) e anticorpo (elemento de defesa do organismo). Os resultados obtidos são chamados de IgM e IgG, que se expressam em até 3 dias. “Realizamos a análise da pesquisa de anticorpos IgG e IgM para Covid-19. O anticorpo IgG, quando detectado significa que o paciente já entrou em contato com o vírus e já adquiriu uma certa imunidade. Há controversas pela literatura atual sobre o Covid. Mas num contexto geral, se acharmos o IgG no organismo do paciente é porque ele já teve contato, de alguma forma, ou com sintomas ou sem sintomas, e aí já adquiriu uma imunidade. O IgM é o marcador, é o anticorpo que confere nos dígitos que o paciente está em curso da doença, ou seja, ele está contaminando e contaminado”, explica o diretor técnico.

O resultado sai em até 3 dias úteis. Para aqueles que possuem mais pressa em saber, Bruno explica a necessidade do tempo de procedimento. “Embora seja um teste de muito fácil processo, requer todo um contexto, com um trabalho do coletor, do biomédico e do sanitarista. Em caso de resultado reagente, compulsoriamente temos que notificar a vigilância sanitária”, ele reitera.

O teste também pode ser solicitado individualmente e ser feito em domicílio.

 

Fonte: Comunicação Sincofarma/SP


Compartilhe


Comentários