Teste positivo da covid-19 avança em 14 estados.



Novo curso de Testes Rápidos Anti-proteína S Neutralizante, IgG e Antígeno será realizado com patrocínio da Medlevensohn dia 29 no Sincofarma. Será presencial e com demonstração de cada efetividade dos testes.

A semana de 5 a 11 de julho registrou o segundo menor percentual de casos da Covid-19 neste ano, com 40.554 confirmações de um total de 217.085 testes realizados nas farmácias brasileiras – 18,7%.

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), 14 estados tiveram aumento no índice de infectados em comparação à semana de 24 a 30 de maio, período que apresentou o pico na procura por testagens e no volume de resultados positivos.

O avanço aparece em seis estados do Nordeste (Alagoas, Bahia, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte e Sergipe), três do Norte (Amapá, Roraima e Tocantins), dois do Centro-Oeste (Goiás e Mato Grosso do Sul), dois do Sudeste (Rio de Janeiro e São Paulo), além do Paraná. Piauí, Rio Grande do Sul e Santa Catarina tiveram estabilidade.

“As variantes da Covid-19 podem colaborar para esses números. Naturalmente, é necessário que o processo de vacinação se torne mais ágil e as medidas de distanciamento social sejam preservadas para conter esses números”, ressalta Sérgio Mena Barreto, CEO da Abrafarma.

O total de testagens desde o início da implementação do serviço, em abril de 2020, chegou a 8.877.465, sendo 1.892.795 positivos (21,32%) e 6.984.670 negativos (78,68%) para o novo coronavírus.

Casos positivos por estado

(% sobre total de testes e evolução julho/21 x maio/21)

 


 

CURSO DE TESTES RÁPIDOS ANTI-PROTEÍNA S NEUTRALIZANTE ; IgG E ANTÍGENO  – OS MAIS EFICIENTES DA FARMÁCIA,

 

Teoria e Prática para apresentar os principais modelos de testes rápidos para se realizar em farmácias e drogarias. Capacitar, orientar, tirar dúvidas e treinar farmacêuticos e profissionais responsáveis pela coleta ou execução dos testes rápidos da COVId-19. 

 

Cursos Presencial e Gratuito. Para se inscrever, CLIQUE AQUI

 

Fonte: Panorama Farmacêutico


Compartilhe


Comentários