Testes realizados em farmácias constatam mais de 9 mil casos positivos para Covid-19



Panorama realizado pela Abrafarma coletou informações de 26 redes ligadas à associação.

 

A Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias – Abrafarma, divulgou uma análise sobre os resultados de testes rápidos de Covid-19, feitos pelas maiores varejistas do país, entre os dias 28 de abril até o dia 14 de junho. A pesquisa dos dados coletados das redes, são vinculadas à associação, pode ser acessado na íntegra aqui!

Segundo o estudo, 349 farmácias estão oferecendo os testes rápidos no Brasil, sendo concentradas 136 em São Paulo e 103 em Minas Gerais, totalizando 68,48%. Foram até então 62.660 testes realizados, que detectam os anticorpos presentes contra o vírus, através da coleta de sangue por um furo na ponta do dedo. Dentro dessa quantidade, 15.30% (9.584) resultaram positivo, enquanto 84,70% (53.076) testaram negativo para Covid-19.

Entre esses estabelecimentos, metade oferece o serviço através de drive-thru, sendo que 17% oferta o serviço a domicílio. Em 60% dos casos, a procura é espontânea ou por agendamento e em 40% apenas por agendamento.

Território Nacional

No recorte regional do país, os dados gerais são estes:

  • Minas Gerais: com 22.222 foi o estado que mais realizou testes em farmácias
  • Ceará: com 5002 testes realizados é o estado com maior número de casos positivos
  • Espírito Santo: único estado onde todos os testes resultaram em negativo, no total de 13 pessoas
  • Não disponibilizaram o serviço os estados do Acre, Rio Grande do Norte, Rondônia e Roraima

Até o dia 07 de junho, houve o maior volume de procura por testes, com 42.874 pessoas testadas, resultando em 6.436 positivos e 36.438 negativos. Entre os dias 8 e 14 de junho, foram 3.148 positivos e 16.638 negativos, dentro de 19.786 pessoas testadas.

 

Informações retiradas do site “Panorama Farmacêutico”

 

Fonte: Comunicação Sincofarma


Compartilhe


Comentários