Transformação digital do setor farmacêutico ainda está lenta no Brasil, diz pesquisa



Apesar de reconhecer a importância das vendas online e da tecnologia, o setor farmacêutico ainda caminha a passos lentos no rumo da transformação digital. É o que aponta uma pesquisa da IQVIA obtida com exclusividade pelo Panorama Farmacêutico, envolvendo 193 executivos de 90 empresas da indústria e do varejo.

A percepção sobre a relevância do e-commerce é um dos pontos que mais chama a atenção no levantamento. Os entrevistados foram questionados sobre como avaliavam esse sistema antes do isolamento social. Enquanto 42% dos profissionais da indústria acreditavam que ele cresceria muito neste ano, apenas 13% de representantes do varejo entendem o mesmo. Mais impressionante é que 63% dos varejistas e 54% dos executivos de laboratórios apostavam em crescimento até menor neste ano.

Como você avaliava a importância do e-commerce antes do isolamento?

Transformação digital do setor farmacêutico ainda está lenta no Brasil, diz pesquisaTransformação digital do setor farmacêutico ainda está lenta no Brasil, diz pesquisa

“Isso demonstra que o mercado ainda não valorizava o comércio digital, mesmo diante de uma clara mudança no perfil do consumidor. E ao mesmo tempo, as impressões são bem divergentes entre indústria e varejo, o que reforça a importância de uma relação colaborativa mais eficiente”, comenta Rodrigo Kurata, diretor de Pharma/RX e Consumer Health da IQVIA.

As diferenças também ficam evidentes na análise das categorias que tendem a ganhar presença no e-commerce. Enquanto as redes de varejo indicaram os produtos farmacêuticos e dermocosméticos como mais promissores, as indústrias apostam no OTC.

Transformação digital

A transformação digital é vista como muito importante para 87% dos respondentes e importante para 13%. Mas a missão de colocá-la em prática é preocupante. Segundo a pesquisa, 43,3% afirmaram que esse processo se encontra em estágio inicial com ações isoladas ou nem começou. Outros 33,3% destacaram que existe um plano coordenado, mas ele ainda é incipiente. Somente 1,2% avaliam esse processo como avançado.

Em qual estágio você considera que esteja a sua companhia na transformação digital?

Transformação digital do setor farmacêutico ainda está lenta no Brasil, diz pesquisa

Relação com stakeholders

Na pergunta dirigida especificamente aos executivos da indústria farmacêutica, fica clara a necessidade de reforçar a tecnologia na interação com os clientes e o varejo. Enquanto 70% sinalizam que o uso da transformação digital no relacionamento com os médicos está em um nível médio ou bom, o percentual despenca para 48% entre os pacientes e 45% no PDV.

Como você julga que sua empresa está aplicando transformação digital para engajar com os stakeholders?

Fonte: Panorama Farmacêutico


Compartilhe


Comentários