Vacina estimulará economia em 2021



Com tantas polêmicas envolvendo as vacinas para COVID, o aspecto econômico não deixa de ser relevante e mais importante, aponta esperanças.

 

Os cientistas e a indústria farmacêutica se mobilizaram e desenvolveram não uma, mas várias vacinas contra a Covid-19,. Em tempo recorde, Reino Unido, Estados Unidos, Canadá e Rússia já estão imunizando suas populações.

Com a vacinação, poderemos concentrar esforços nas ações necessárias para iniciarmos um ciclo de crescimento sustentado. Projeções da CNI, indicam que, depois de uma queda estimada em 4,3% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano, o Brasil deverá crescer 4% e, a indústria, terá uma expansão de 4,4% em 2021.
Mesmo assim, a taxa de desemprego continuará elevada. Poderá ficar próxima de 15%. Para reverter esse quadro, é preciso criar um ambiente que favoreça a atração de novos investimentos.

Economia brasileira deve crescer 4% em 2021 e PIB industrial 4,4%

Um dos grandes desafios do país para 2021, é o reequilíbrio das contas públicas e a manutenção do teto de gastos. O ajuste fiscal ajudaria a elevar a confiança dos investidores e a reduzir as pressões sobre os juros. Além disso, aumentar a capacidade do Estado de investir. Um passo decisivo nessa direção seria a aprovação de uma reforma administrativa. Que racionalize os gastos públicos, e melhore a qualidade dos serviços prestados à população.
Também, está em estágio bastante avançado no Congresso Nacional, a tramitação da Nova Lei do Gás. Investimentos em saneamento, transportes, energia e telecomunicações produzem efeitos positivos imediatos sobre a economia e o emprego.
Além disso, é indispensável ampliar a inserção internacional do Brasil. Por meio da negociação de acordos comerciais equilibrados, que resultem em ganhos econômicos e estabeleçam condições e prazos compatíveis à adaptação do setor produtivo ao novo ambiente de concorrência.

Investimentos em Ciências

O aumento dos investimentos em ciência, tecnologia e inovação é outra premissa crucial para o país se conectar à economia global no contexto da indústria 4.0.
A agenda do Brasil é muito complexa, mas devemos manter o otimismo. A exemplo do que fez a ciência, que encontrou rapidamente formas de combater o coronavírus, também temos capacidade para enfrentar, e, vencer, os diversos obstáculos que historicamente atravancam o desenvolvimento econômico e social do país.

Sincofarma orienta e capacita para a Vacina em Farmácias

Este é um assunto que sempre fez parte  dos serviços Sincofarma. Orientação para Sala de Atenção Farmacêutica, contemplando a Vacinação pode ser solicitada através da parceria com a Ponto Care. Implantação de salas de saúde com a mais moderna tecnologia do mercado para farmácia e drogaria.
O objetivo das salas de Atenção Farmacêutica, que tem como objetivo de detectar quaisquer problemas de saúde, oferece mais de 20 serviços, dentre eles serviços básicos como glicemia, injetáveis e vacinas. Serviços especializados de interação medicamentosa, avaliação de reações adversas, até os serviços multidisciplinares de débito do sono, estresse e distúrbios respiratórios.
Contato:
email: maycon@pontocare.com.br 
Whatsapp: 21 99972-0120

Refrigeração

Biotecno: roberto@botecno.com.br

www.biotecno.com.br


Vale lembrar que existe o curso de Programa de Formação e Habilitação em Vacinação, com chancela do ICTQ, que proporciona ao farmacêutico, a planejar, implantar e executar os procedimentos de aplicação de vacinas em farmácias de acordo com a Resolução nº 654/2018 do CFF.
Inscrições: www.sincofarma.org.br

Fonte: Confederação Nacional da Indústria (CNI)


Compartilhe


Comentários