Varejo farmacêutico retoma crescimento de dois dígitos, diz IQVIA



O crescimento de dois dígitos voltou ao varejo farmacêutico. É o que aponta o estudo da IQVIA com base nos dados do primeiro semestre. As vendas nas farmácias e drogarias brasileiras totalizaram R$ 66,4 bilhões, contra R$ 59,6 bilhões de janeiro a junho de 2019 – o que representou um avanço de 11,4%.

O resultado já corresponde a 55% do faturamento de R$ 121 bilhões registrado em todo o ano passado, quando a alta do setor foi de apenas 7,6% em relação a 2018. O volume de unidades comercializadas também teve um salto, passou de 2,9 bilhões para 3,2 bilhões, um aumento de 10,3%.

Os indicadores de 2020 não estão associados somente à Covid-19. Em janeiro e fevereiro, o faturamento chegou a R$ 20 bilhões e superou em 8% o montante obtido no mesmo período anterior. Porém, o mês de março, que deflagrou o início da pandemia no Brasil, foi determinante para elevar o aumento para a casa dos dois dígitos, com uma receita de R$ 13,2 bilhões.

Vendas no canal farma (jan-jun 2020 x jan-jun 2019, em bilhões de R$)

Consumer health e vitaminas em alta

Com receita superior a R$ 15,5 bilhões e uma evolução de 27%, o segmento de consumer health foi o principal termômetro da performance do canal farma no semestre. Só a demanda por vitaminas, minerais e suplementos (VMS) cresceu 71% no período, impulsionada especialmente por marcas low price ligadas à prevenção e ao aumento da imunidade. Calmantes e produtos para articulação, uma vez que as pessoas permanecem mais tempo em casa sem se movimentar, também conquistaram espaço na cesta de compras.

Já os produtos de perfumaria e remédios isentos de prescrição registraram leve aumento de 4,5%, enquanto o setor de medicamentos prescritos permaneceu estável.

E-commerce

O e-commerce ganhou força e registrou R$ 18,4 bilhões de faturamento, 28% do total comercializado nas farmácias. O isolamento social fez o panorama das vendas online mudar radicalmente a partir de março.

Vendas online mês a mês (em bilhões de R$)

Varejo farmacêutico retoma crescimento de dois dígitos, diz IQVIA

 

Fonte: Panorama Farmacêutico


Compartilhe


Comentários